Inventário e Partilha por Escritura Pública (Extrajudicial)


Trata-se de modalidade de inventário e partilha pela via extrajudicial, em que o tabelião lavrará a escritura pública na presença de todas as partes interessadas assistidas por advogado, cuja qualificação e assinatura constarão do ato notarial.

Inviável, contudo, a realização de inventário por essa via caso: haja algum interessado menor ou incapaz; na existência de algum testamento; não houver consenso entre as partes.